twitter


Dias Contados - Contos Sobre O Fim Do Mundo

Autor: VARIOS AUTORES
Organizador: DELFIN, RICARDO
Organizador: MARKS, DANNY
Editora: ANDROSS EDITORA
Assunto: LITERATURA BRASILEIRA - CONTOS E CRÔNICAS
Se há um consenso na opinião dos diferentes setores que compõem a sociedade humana é o de que um dia haverá um fim. No universo onde se manifestam nossas opiniões é que esse término se ramifica em suas inúmeras facetas de manifestações. E isso une religiosos, místicos e céticos num só sentido, explicar a si e aos outros como se dará esse famigerado fim.
“Dias Contados – Contos Sobre o Fim do Mundo” é uma iniciativa bem sucedida da Andross Editora, e louvável, na medida em que estimula jovens ou experientes escritores a lançar no papel aquilo sobre o que a maioria de nós já cogitou ao menos uma vez na vida: o fim do mundo. E esse tema é, sem dúvida, uma constante que interfere na maneira como bilhões de indivíduos se relacionam com o mundo.
Mas de que mundo estamos falando? Em que termos se daria tal fatalidade?
Sabemos: há o mundo físico que inevitavelmente se extinguirá com a morte do nosso sol (consenso científico); há o mundo de nossas relações evolutivas e espirituais que se destina a transformações de Eras e consciências (consenso entre místicos e religiosos), e há o mundo particular de cada um, que se resume em uma vida, do seu início ao fim. Todos esses temas são de alguma forma abordados nesse livro. Alguns contos possuem a simplicidade de quem apenas quer dar a conhecer seu pensamento sobre o assunto. Outros são tão eficientes em sua abordagem que dariam uma resenha inteira de várias laudas exclusivamente sobre eles.
Um aspecto interessante de uma coletânea como essa é os diferentes estilos dos autores selecionados. Alguns abordam o tema com um certo distanciamento da história, apenas como um alerta a seus pares humanos. Outros, narram em terceira pessoa com uma intensidade que parece unir narrador e personagem, a ponto de fazer o leitor gravitar em torno dessa esfera emocional.
“Dias Contados” começa com um conto muito bem escrito, “Demolindo a Laranja”, de Rose Tese, e termina com uma pequena biografia de cada um dos autores participantes. Realmente a organização do conteúdo feita por Ricardo Delfin e Danny Marks foi muito eficiente. Infelizmente o espaço e o tipo de publicação (blog) não me permitem ser por demais extenso, mas abaixo segue a impressão que tive de alguns dos contos mais interessantes:
“O Mistério da Cartola”, de Gery Almeida – É conciso e atraente;
“Quebras da Vida”, de Regina Alonso – É surpreendente. Uma história aparentemente simples, mas impregnada de aspectos psicológicos;
“A Rua Dalí”, de B. G. Jimenez – É bem narrado, tem alta qualidade e é divertido;
“O A-final”, de Gazy Andraus – Bastante metafísico, seu conteúdo lembra a teoria defendida no livro “Eras-Despertar” de Stephen Play;
“No Escuro do Fundo Borrado”, de Renato Zapata – Um conto perfeito. Fez emergir a mim o vocábulo maravilhoso;
“Desafogo”, PR Ongaro – Contextual. Leva-nos a refletir sobre a geopolítica contemporânea;
“Salmo 90:4”, de Alvaro Moreira de Carvalho – Uma abordagem criativa e filosófica sobre uma história com o final já pré-estabelecido pela Bíblia;
“Invisibilidade”, de Rocha, E. R. – Histórico e Real. Faz surgir indignação ante a ignorância humana no passado. Traços que ainda hoje permanecem sobre outras facetas;
“Asfixia”, de Chico Anes – Um dos poucos que impõem um final inexorável;
“Olhos de Sangue”, de O. A. Secatto – Demonstra de forma eficiente o talento do autor em produzir uma história que pode ser transportada para a mídia televisiva ou cinematográfica. Pareceu-me um roteiro de um episódio da série Além da Imaginação.

Ps. Quer publicar um conto no livro “Dias Contados – Volume II –  Cotos Sobre o Fim do Mundo”? Saiba como acessando o site da Andross Editora http://www.andross.com.br/
Capada do livro “Dias Contados – Volume II –  Cotos Sobre o Fim do Mundo”
Book Trailer do Livro Dois

0 comentários:

Postar um comentário