twitter


CINCO SENTIDOS


Título Original: Cinco Sentidos
Editora: Novo Século
Autor: Tanner Menezes
Número de Páginas: 335


Sinopse: Essa não é uma história sobre Romeu e sua Julieta, ao contrário deles, que buscaram através da morte a solução para ficarem eternamente juntos, aqui, a luta pela vida é o que os manterá unidos. Um romance entre duas pessoas, que vivem intensamente o sexo, o dinheiro e o amor. Uma história capaz de mostrar que quando elas se amam, poderão romper os limites dos Cinco Sentidos do ser humano.

“Cinco Sentidos”, de Tanner Menezes, é um livro em linguagem simples e acessível. Seu texto é direto e seus diálogos curtos, não dados a uma complexidade de pensamento.  À primeira vista esta já referida simplicidade parece espraiar-se pelo enredo da obra, o que pode incomodar alguns leitores mais impacientes. Daí vem um pensamento constante, uma pergunta a cada página, do porquê desse título.  “Cinco Sentidos” em seu início é um mistério para o leitor tanto quanto o é o desfecho da história.
Que interesse teríamos na vida de um jovem playboy carioca ou de qualquer outra  cidade? Talvez nenhum. Porém a pergunta anterior tem que ser reformulada para: “Que interesse teríamos na vida de um jovem ser humano, que apesar de seu posicionamento incrédulo ante o amor consegue encontrá-lo em uma mulher que, em outras circunstâncias, passaria despercebida a ele?” Todos, respondo, Fábio Albucci’s e Yasmin encarnam a história romântica idealizada por muitas pessoas – quem sabe a maioria das pessoas. E isso talvez se dê pela identificação de aspectos humanos bastante valorizados e que podemos encontrar no casal.
O senhor Menezes amadurece a cada página. O final é um ótimo demonstrativo de como sua qualidade narrativa está se aguçando. Consegue, através de um desfecho que muitos com certeza tomarão por interessante e surpreendente, emocionar a todos que se dispuserem a conhecer essa história de amor e com ela se envolver. Os cinco sentidos, afinal, nos são revelados. Não da forma que o leitor envolvido pela trama  gostaria, mas na revelação de um caminho que nos lembra ter a ficção aspectos desagradáveis da vida real. Essa vida que muitas vezes dá suas reviravoltas – e nem sempre do jeito que a gente quer. Mesmo assim, a impressão que o livro nos dá é que se Fábio Albucci’s pudesse nos dizer pessoalmente se tudo valera a pena, ele certamente manifestaria sua resposta em um estrondoso e animado SIM. E isso já nos é o suficiente.

3 comentários:

  1. Ótima resenha! Não gosto daquelas que só mostram a sinopse do livro e falam que é bom, e fim. Gostei dessa porque deu os motivos para dizer se era bom ou não, continue assim!

  1. Gostei mt da sua resenha...
    Sincera e sem demonstrar um pingo de emoção.. Bem profssional.. rsrs.
    Posta ela no skoob tb e marca as estrelas.. :D
    Obrigado por tudo viu!?
    E v a promo ae!
    Abraçoss

  1. Adorei seu blog!! Parabéns!!

    Se puder, visita o meu.

    Beijinhos, Babi

    www.a-viajante-dos-livros.blogspot.com

Postar um comentário